domingo, 5 de junho de 2011

E você vai levando...

Antes só do que mal acompanhada.
Já dizia a minha vó.
A minha vó, o cara da padaria, o vizinho, a moça que faz minha unha,  minha mãe, o carteiro, os aviões em sinal de fumaça...
Na vida real isso não é tal fácil de ser entendido.

Todo mundo tem medo de ficar sozinho.
Sei que há momentos em que quero o silêncio.
Mas na hora de preencher o vazio, ter um afago ou um beijinho de alguém é bom demais.

Meu maior medo é ter tanto medo de ficar sozinha que terei que me contentar com uma relação "mais ou menos"...
O cara te deixa meio feliz, te acha meio bonita, você acha ele meio interessante... e você vai levando.
Ou o cara é um panaca, te faz mal, é exageradamente ciumento, te humilha, vive brigando, mas o sexo é bom... E você vai levando.

Não me entendam mal. Não busco a perfeição. Essa moça chamada Perfeição pra mim nem existe.
O negócio é que quando a relação tá mais pra "menos" do que "mais ou menos" , é algo pra se preocupar.
E se mexer com seu amor próprio então...

Puta que pariu. Tenho tantas pessoas próximas, que "vão levando" uma relação nada saudável, que queria ter a varinha de condão do Semancol pra fazer Plim! Se manca!

Tá na cara que você tá mal, que o cara te levou todo o brilho dos seus olhos... E você vai levando??

Eu não acredito em carma. Sinto muito.



Reflexão Barata:
O mais ou menos é melhor que nada?

2 comentários: